O surgimento do dia dos namorados se deu em homenagem aos deuses Juno e Lupercus, conhecidos como os protetores dos casais. No dia 15 de fevereiro, faziam uma festa em homenagem a eles, agradecendo a fertilidade da terra. Os rapazes colocavam nomes de moças em papeizinhos para serem sorteados. O papel retirado seria o nome de sua esposa. Como muitos casais apaixonados eram impedidos por suas famílias de casarem-se, um padre de nome Valentino passou a realizar matrimônios às escondidas, quando os casais fugiam, para que não ficassem sem receber as bênçãos de Deus. Com isso, o dia 14 de fevereiro passou a ser considerado o dia de São Valentin (Valentine’s Day), em homenagem ao padre, sendo comemorado nos Estados Unidos e na Europa como o dia dos namorados.

A divulgação da data no Brasil foi feita pelo empresário João Dória, que havia chegado do exterior. Representantes do comércio acharam uma ótima ideia para aquecer as vendas e escolheram o dia 12 de junho para ser o dia dos namorados em nosso país. A data foi escolhida às vésperas do dia de santo Antônio, o santo casamenteiro.

Nessa data, os casais saem para trocar presentes e comemorar, com um jantar romântico, a paixão que sentem um pelo outro, a afetividade e o amor, como forma de agradecer o companheirismo e a dedicação entre ambos. Mas existem várias formas de comemorar o dia dos namorados. Mandar flores, sair para jantar, mensagens por telefone, uma pequena viagem, passar um dia em um SPA, comprar um lindo óculos para se ver espelhado nas lentes do amado, entre outras.

O importante é usar a criatividade e o romantismo!

“Se quer ser amado, ame. Como é bom amar, sentir o coração bater mais forte. Quando amamos, sorrimos mais e alegramos mais o ambiente e as pessoas à nossa volta. A consciência de amar e ser amado traz um conforto e riqueza à vida que nada mais consegue trazer”. (diversos autores)

Feliz dia dos Namorados!

Fonte: Wikipedia